elvis almeida

1985, Rio de Janeiro/RJ

Graduou-se em Gravura na UFRJ (2013) e frequentou cursos de Serigrafia na EAV Parque Lage e de História da Arte nas Redes da Maré, todos no Rio de Janeiro. Suas exposições individuais incluem: Estrada nebulosa sem olhos de gato, Mercedes Viegas Arte Contemporânea( Rio de Janeiro, 2019); Revelação durante o nascimento de uma gota, Paço Imperial(Rio de Janeiro, 2018) e Galeria dotART(Belo Horizonte, 2018); Ponta Seca Torta / Faca Cega, Galpão Fortes D'Loia & Gabriel(São Paulo, 2017); O cotidiano das estruturas familiares, Projeto Tech_Nô, Oi Futuro Flamengo (Rio de Janeiro, 2017); Certezas para dobrar, Mercedes Viegas Arte Contemporânea (Rio de Janeiro, 2016); Uma cidade de xapisco dividida por um muro de cau, Amarelonegro Arte Contemporânea (Rio de Janeiro, 2010). Entre as coletivas, destacam- se: 20º Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil, Sesc Pompeia (São Paulo, 2017); Pintura, Caixa Cultural (Rio de Janeiro, 2017); Um Desassossego, Galeria Estação (São Paulo, 2016); Oito artistas, Mendes Wood DM (São Paulo, 2016); Gramática Urbana, Centro de Arte Hélio Oiticica (Rio de Janeiro, 2012); Arte Pará, Fundação Romulo Maiorana (Belém, 2011); Reality Reimagined, Modified Arts (Phoenix, 2010); Abre Alas 6, A Gentil Carioca (Rio de Janeiro, 2010); VI Bienal Internacional de Arte SIART (La Paz, 2009); Iluminando o Novo, Largo das Artes e Espaço Furnas Cultural (Rio de Janeiro, 2009);

perfil_1.jpg
210527-Quadra-ph Ana Pigosso-41-hr.jpg

obras do artista