Quadra ® 2016. Todos os direitos reservados.

São Paulo/SP

Carlos Augusto Martins Lacaz, Guto Lacaz, nasceu e trabalha em São Paulo. É arquiteto pela na FAU SJC 1974.

Em 1978 ganha o prêmio Objeto Inusitado – Arte Aplicada/Paço das Artes e inicia sua carreira como artista plástico.

Em 1982 realiza Idéias Modernas, sua primeira individual, na Galeria São Paulo. Em 1983 a Eletro Performance na FUNARTE SP, 18º Bienal, 1986 Eletro Esfero Espaço na exposição A Trama do Gosto. Em 1989 a composição flutuante Auditório para questões delicadas no lago do Ibirapuera e Cosmos – um passeio no infinito no MASP.

Em 1994 o Periscópio no Arte Cidade II, 1995 ganha a Bolsa Guggenheim, em 1999 o espetáculo Máquinas III no Teatro Cultura Artística, 2003 edita a série de 12 serigrafias Pequenas Grandes Ações, em 2006 realiza a expo Santos=Dumont designer no MCB, em 2007 realiza a exposição Gráfica no CCSP e ganha o prêmio APCA Obra Gráfica, 2010 cria e escultura hidro cinética Ondas d’água para o lago do SESC Belenzinho, em 2011 participa do Aberto Brasília com seu Objeto Flutuante não Identificado OFNI Paranoá.

2012 inaugura a conjunto eólico Claudio, Leonardo e Orlando Villas Boas no Parque Estoril SBC, a exposição Eletro Livros no Centro Cultural Maria Antonia e OFNIS Ibirapuera.

Em 2014 participa da III Bienal da Bahia com Saravá, espiral cinética para o Elevador Lacerda. Inaugura sua segunda escultura em espaço público: Ulysses, o elefante biruta no Parque Pedreira do Chapadão em Campinas.

Em 2015 apresenta a escultura cinética pororoca na expo As Margens dos Mares Sesc Pinheiros, a intervenção urbana ALEX ALEX no CCSP e a performance Ludo Voo no Maria Antonia.

Livros publicados: Desculpe a Letra - Ateliê Editorial, Gráfica - Arte Moderna, omemhobjeto - Decor Books, 80 desenhos - Dash Editora,

Arte é energia IOK, Inveja e FUTURO - edições do autor 

É colaborador das revistas Ocas e Ottica.

Membro da AGI – Alliance Graphique Internationale

obras do artista

0