1991 | RibeirãoPreto, vive e trabalha em SãoPaulo

Expôs nas individuais “Eyes e yes”, Galeria Superfície, São Paulo (2018); Guimarães – reticências, Galeria Su- perfície, São Paulo (2016) e entre outras nas coletivas: “Abraço Coletivo”, Ateliê397, São Paulo (2019), ”Habi- ta-me”, Palacete 1922, Ribeirão Preto (2018), “Scapeland - Território de Trânsito Livre”, Memorial da América Latina, São Paulo (2018), “Almas não tem idade”, Sítio Prisma d'Água, Alto Paraíso de Goiás, Brasil, (2017), “auroras: pequenas pinturas”, curadoria de Bruno Dunley e Ricardo Kugelmas. Auroras, São Paulo (2016); “Oito Artistas”, curadoria de Bruno Dunley e Lucas Arruda, Galeria Mendes Wood DM, São Paulo (2016).

Começou sua pesquisa no campo da fotografia conceitual e na experiência com objetos instalativos antes de chegar à pintura. Suas pinturas partem da representação de paisagens, imagens e elementos do mun- do que se desmancham e se fragmentam através de diferentes suportes em pinceladas curtas, manchas de tinta rala ou empastados de cor. Uma possível representação da ação dos ventos sobre a paisagem, ou sobre as coisas que estão no mundo.

obras do artista

Quadra ® 2019. Todos os direitos reservados.